The calling - o ponto de viragem


09 Jan
09Jan

Mais cedo ou mais tarde, tu, um rapaz ou rapariga, homem ou mulher, mais um entre 7 biliões de outros rapazes e raparigas, homens e mulheres, chegarás a um ponto em que vais dar por ti a questionar-te sinceramente e do fundo do teu ser...  

 
É só isto?  

Isto é tudo o que sou?  

É só isto que a vida tem para oferecer? 

 
Engraçado, é que ao mesmo tempo que te questionas, a resposta é-te dada e tu começas senti-la. 

Um sentimento de admiração por algo novo começa a despertar, uma sensação quente dentro do teu coração, um impulso, uma vontade de ir, buscar e encontrar, um desejo de ser mais do que és agora, de ter mais do que o que já tens, e especialmente, de viveres mais do que o que tens vivido.   

Uma urgência de te encontrares e de ires em direcção a algo melhor, algo que faça a vida verdadeiramente valer a pena.  

Este é o momento em que começas a ouvir, a sentir a ligação, que sempre ai esteve, a sussurrar-te ao ouvido e chamar por ti a vida toda, mas agora sabes que existe. 

E nunca mais serás apenas mais uma pessoa, a viver apenas mais uma vida entre muitas 

Este é o ponto de viragem!  

A descoberta de que sim, existe muito mais, a certeza de descobrir quem realmente és e a emoção de estares prestes a viver e a experienciar tudo o que sempre desejaste.  

Bem vindo a quem és, ao que procuras, ao que te chama e a tudo o que de mais fantástico a vida tem para te dar. 

Bem vindo/a à maior aventura da tua vida!  

Bem-vindo ao “The calling” 

 

que é a “Calling”? 

[‘The Calling’, traduzido do inglês: a vocação, a ligação, o chamamento, o convite]   

Para te explicar ‘The calling, a tua ‘Callingtenho de te dar uma pequena pista sobre quem realmente és e como a tua vida está realmente destinada a ser.  

Então,  

Quando nasceste no teu corpo físico e nesta tua experiência de vida física, houve uma parte de ti que se manteve, e se mantém para além desta realidade física e material, o teu Eu ‘não-físico’. 

Há quem lhe chame ‘Alma’, outros chamam-lhe ´Espírito’, há ainda quem lhe chame ‘Deus’, ‘Universo’, ‘Eu superior’, e muitas outras designações que tendem a identificar esta tua parte não física.  

Apesar de não a conseguires ver, sentir, cheirar ou tocar (ainda), esta tua parte não física infinita e a realidade extraordinária não física que estás a viver são insanamente reais! Na realidade, muito mais reais do que a cadeira em que estás sentado/a ou o ecrã em que estás a ler.  

A ciência geralmente descreve esta consciência não física do real como “campo quântico” enquanto outros ensinamentos espirituais lhe chamam “vortex – realidade vibracional”. 

Para te ajudar a compreender, imagina que deste a um dos teus dedos uma consciência individual e colocaste-o no mundo enquanto tu te manténs acima e para além desse mesmo mundo, ainda assim, estás simultaneamente totalmente consciente de tudo o que nele existe e sempre consciente do teu dedo como uma parte muito preciosa, querida e inseparável de ti. 

O teu Eu humano, é esse dedo.  

Portanto, tu és a extensão desta energia não física, infinita e incomensuravelmente poderosa.  
Exatamente a mesma energia que é criadora de mundos e assim que te sintonizas com este poder, tu podes ser, ter ou fazer tudo o que desejas.  


O que desejas é a voz do teu EU SUPERIOR a chamar-te! 

 

De cada vez que desejas algo, esse mesmo desejo já foi totalmente criado numa realidade não física e o teu eu não físico (chamemos-lhe “eu superior” a partir de agora) já está a vivê-lo em todo o seu potencial.  

Por outras palavras, no momento em que sentires um desejo, aquilo que desejas já é teu!  

De um botão a um castelo gigante, de um carro épico a às férias de sonho com o/a teu/tua namorado/a perfeito/a e maravilhoso/ajá está tratado! 

E o desejo em si, o sentimento “Eu desejo ... X”, é literalmente o teu eu superior a chamar-te para viveres na tua realidade física aquilo que já estás a viver na tua realidade não física.  
Chamando-te para receberes aquilo que ele/a já tem, causando em ti uma expansão e crescimento para uma melhor versão de ti próprio/a que reflete muito melhor quem tu realmente és.  


Sendo assimThe Calling”, é expansão entusiasmante no percurso em que manifestas tudo o que desejas.  

Transformando pensamentos em coisas e sonhos em realidade. 

Fazendo-te apaixonar por ti próprio/a, fazendo-te amar a vida que estás a viver e desejoso por mais a cada dia.  

 
Bem-vindo/a ao “The Calling”! 

04Jan
Comentários
* O e-mail não será publicado no site.